Scroll Top

Corpo Dicas e Truques Saude

10 Causadores de Enxaqueca Que Você Provavelmente Está Ignorando!

Gostou do post? Avalie!

A enxaqueca é uma doença crônica, que afeta mais de 15% dos brasileiros. Incapacitante e durador, este problema neurológico pode ser desencadeado por diversos fatores, aparentemente inocentes, que nunca imaginaríamos que poderiam nos trazer tamanho e doloroso transtorno.Tal distúrbio é um entre centenas de tipos de dores de cabeças.


Normalmente atinge apenas um lado da cabeça, sendo bastante comum na região dos olhos, nas têmporas e na testa.

A enxaqueca também traz consigo outros sintomas, como a sensibilidade à luz e a ruídos, enjoos e vômito e pode perdurar por dias, tendo o poder de atrapalhar a vida social e profissional de seus portadores, o que a coloca entre as 10 doenças mais incapacitantes do mundo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde.

Diferente das dores de cabeça comuns, a enxaqueca não passa com os analgésicos convencionais, sendo necessário o tratamento com medicamentos receitados por um neurologista. pesar disso, evitar a enxaqueca é o melhor caminho para você conseguir viver com maior qualidade de vida e livre das dores.

Por isso, confira a seguir quais são os 10 maiores causadores da enxaqueca que você provavelmente está ignorando e evite-os.

1 – Ansiedade e Estresse são causadores de enxaqueca

Distúrbios emocionais e preocupações excessivas estão entre os principais causadores de enxaqueca. Isso porque, quando você sofre antecipadamente por alguma coisa ou se irrita, o seu cérebro entra em estado de alerta e faz o organismo liberar enzimas que acordam o sistema de defesa, estimulando a dor, método que o corpo tem para te dizer que algo não vai bem com você.

Por isso, sempre que você tem um dia estressante ou está ansiosa, as crises de enxaqueca aparecem.

2 – Falta ou Excesso de Sono

Ter uma rotina adequada de sono, suficiente para que o seu corpo e mente descansem, é fundamental para evitar crises de enxaqueca. Quando você dorme pouco, seu corpo fica cansado e seu cérebro acaba sobrecarregado, provocando enxaqueca.

O oposto também ocorre. Se você tem o hábito de dormir 6 horas por noite e no fim de semana dorme 10, não se assuste caso surja uma crise de enxaqueca. A mudança no ritmo biológico é um dos principais causadores conhecidos das dores.

3 – Excesso de Cafeína

Ingerir muito café durante o dia ou outras bebidas cafeinadas pode ser a razão da enxaqueca que você sente frequentemente. O ideal é dosar e reduzir o consumo para até, três xícaras pequenas por dia.

O mesmo vale para a abstinência total. Para pessoas que estão acostumadas a ingerir cafeína diariamente, privar o organismo da substância pode ser a chave para novas crises.

4 – Sedentarismo

A total ausência da prática de exercícios físicos na rotina é um causador perigoso de enxaqueca e de outros problemas de saúde. Por isso, a manutenção de uma vida saudável começa com a prática constante de exercícios, que estimulam o organismo a liberar endorfina, equilibrando a produção de serotonina e melatonina.

Assim, o corpo fica mais resistente às dores, como as provocadas pela enxaqueca.

5 – Alimentação

Muitos alimentos são considerados estimulantes e desencadeiam crises de enxaqueca. Por isso, se você quer ficar longe das dores é bom também evitar consumir esses alimentos em excesso: fast food, chocolate, frutas cítricas, frituras, condimentos, glutamato monossodico, queijo, adoçantes, sorvetes, entre outros.

Como a alimentação está associada à sensação de prazer e bem-estar e, consequentemente, à liberação de serotonina, alimente-se sem distrações, pois comer por comer, automaticamente, pode prejudicar não só a sua digestão como agravar suas crises de enxaqueca pela ausência do hormônio do bem-estar.

6 – Jejum

Deixar de fornecer nutrientes ao organismo por longos períodos é um dos principais causadores de enxaqueca. A falta de alimentos causa queda de açúcar no sangue, o que ajuda a produzir enzimas estimuladoras da dor de cabeça.

Por isso, ao acordar, tome um café da manhã reforçado e, ao longo do dia, faça refeições de três em três horas.

7 – Excesso de álcool

Se o álcool já é considerado um dos principais causadores de dor de cabeça em quem não sofre de enxaqueca, imagine para quem convive com a doença. Isso ocorre porque o álcool provoca desidratação e diminui a oxigenação do cérebro, o que resulta nas dores.

Por isso, sempre que beber, ingira água na mesma proporção e nunca consuma álcool de estômago vazio. Se puder evitar, melhor ainda.

8 – Perfumes e cheiros fortes

O olfato está intimamente ligado aos quadros de enxaqueca. Assim, ao entrar em contato com perfumes muito fortes em ambientes fechados ou odores desagradáveis, muitas pessoas costumam entrar em crise.

9 – Ar condicionado

Ficar exposto a temperaturas muito baixas em ar artificial, como é o caso do ar condicionado, pode desencadear crises de enxaqueca, principalmente se a pessoa mudar constantemente de ambiente com temperaturas variáveis.

O mesmo vale para mudanças drásticas de temperatura, que deixam o sistema imunológico mais fraco, fazendo o corpo liberar substâncias que provocam as dores.

10 – Ciclo Hormonal

Entre os inúmeros sintomas incômodos da TPM, a enxaqueca figura como um dos mais desagradáveis. O desequilíbrio hormonal do período são os responsáveis por esse resultado.

Mulheres portadoras de Endometriose e Ovários Policísticos tendem a desenvolver crises mais agudas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Recomendados para você:


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.