Scroll Top

Corpo Saude

5 Coisas que Provocam Mau Cheiro na Zona Íntima e que Muitas de nós fazemos!

Gostou do post? Avalie!

Muitas mulheres fazem isto, e nem imaginam que isso vai originar mau cheiro na zona íntima. Por isso é importante que o deixes de fazer.
Uma ginecologista do ambulatório de se*ualidade da mulher da Unifesp, em São Paulo, explica o que está a mudar o odor da sua zona íntima. E ela garante, cheirar a roupa íntima para saber como vai a saúde dessa zona é um hábito mais do que saudável.

O problema é tão constrangedor que muitas mulheres têm vergonha até de conversar sobre o assunto com o ginecologista. Mas não deveriam, já que o odor desagradável na vaginal pode indicar possíveis doenças, como infeção vaginal ou candidíase.

Os corrimentos que apresentam uma cor branca ou amarela e têm um cheiro ruim indicam problemas na região íntima, como infecções. A vaginose bacteriana, que se caracteriza por um desequilíbrio da flora bacteriana vaginal, provoca corrimento com um cheiro forte que lembra o de peixe, assim como a tricomoníase, que é um problema causado por um parasita transmitido por meio da relação sexual.

Mas afinal, além de doenças, o que pode pode causar o mau cheiro? Hábitos como higiene excessiva ou falta de higiene, vestir roupas muito apertadas ou de tecido sintético e até certas substâncias químicas presentes nos produtos de higiene íntima podem alterar o equilíbrio da flora vaginal e, consequentemente, causar odores desagradáveis.
mau_cheiroInfecções
O principal motivo para a mudança do cheiro da zona íntima são as infecções que alteram a flora vaginal. A alteração pode provocar a proliferação de bactérias que alteram o odor natural. Então, mantenha as suas consultas sempre em dia!

Menstruação
A mudança está puramente relacionada com o principal componente da menstruação: o sangue. Os metais que compõe o líquido tornam o odor mais metálico.

Se*o
Assim como a menstruação, a mudança do cheiro durante a relação está ligado ao esp3rma masculino, que é muito básico, alterando o pH ácido da zona V.

Medicamentos
Neste caso, a medicação que se destaca são os antibióticos já que, além de matar bactérias que estão a causar a doença, eles também tendem a combater as próprias bactérias do corpo, incluindo as da região da zona íntima.

Exercícios físicos
Na verdade, a atividade física não altera o cheiro propriamente dito. O que acontece é que as glândulas sudoríparas ao redor da zona íntima são estimuladas durante o exercício e deixam o odor do suor na região.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Recomendados para você:


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.