Scroll Top

Corpo Pele

Como se Livrar das Cicatrizes de Cirurgias e Espinhas?

Gostou do post? Avalie!

Espinhas, queimaduras, arranhões, cortes e cirurgias. Seja a causa que for, as cicatrizes são provenientes de lesões na pele e resultado da cicatrização, maneira pela qual nosso corpo tem de se proteger de sangramentos e infecções depois de ser ferido. Nesse processo se formam novos vasos sanguíneos e células enquanto os antigos são inativados.
0000017Cicatrizes cirúrgicas: Cirurgias plásticas, por mais perfeitas que sejam, também deixam suas marcas. Deusa Pires Rodrigues, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, lembra que os cirurgiões procuram minimizar os efeitos dos cortes, fazendo-os em locais pouco visíveis ou que coincidam com as linhas de forças naturais – marcas já existentes no corpo – ou ainda optando por locais cobertos por roupas de banho, pêlos ou cabelos. A médica reafirma que a cicatriz é inevitável e que médicos e pacientes devem discutir sobre o provável resultado das incisões: “É fundamental analisar bem se o problema que leva a cirurgia incomoda mil vezes mais que a possibilidade de uma cicatriz, mesmo que pouco visível”

A cirurgia na barriga poderá deixar cicatrizes que poderão durar uma vida. A pele cicatrizada aparecerá diferente da textura e da cor da pele em volta. As cicatrizes resultantes de procedimentos cirúrgicos tendem a serem mais profundas e mais persistentes do que aquelas resultantes de pequenas lesões. Livrar-se de cicatrizes cirúrgicas poderá ser um desafio, como resultado. Os tratamentos tópicos e não invasivos estão disponíveis para reduzir a sua aparência e eventualmente desaparecer completamente.

Cicatriz de espinha

Para tirar cicatriz de espinhas do rosto e do corpo, pode-se usar as seguintes técnicas:

Peeling químico: aplicação de produtos ácidos no rosto que retiram as camadas superficiais da pele, permitindo o crescimento de uma nova pele lisa e sem manchas;

Laser: aplicação de laser para aquecer e destruir cicatrizes de espinhas;

Dermoabrasão: utilização de um aparelho que remove as camadas superficiais da pele, estimulando o crescimento de um novo tecido sem machas.
Essas técnicas servem também para tirar cicatriz de herpes labial e devem ser feitas pelo dermatologista. Também é importante lembrar que durante o tratamento é necessário evitar o sol, pois os raios solares aumentam as manchas na pele.

Cicatriz de cirurgia

Algumas opções para tirar cicatriz de cirurgia, machucado ou corte na pele são:

Cremes: aumentam a produção de colágeno, reduzindo a cicatriz;
Ultrassom: promove a circulação e a produção de colágeno, evitando a formação de cicatriz e de queloides;

Carboxiterapia: aumenta a produção de colágeno e elastina, formando uma pele mais lisa;
Preenchimento com colágeno: usado quando a cicatriz fica mais profunda que a pele, pois aumenta o volume abaixo da cicatriz para que ela fique no mesmo nível da pele;

Cirurgia: remove as camadas da cicatriz e utiliza pontos internos para não deixar marcas.
Pessoas com histórico de cicatrizes profundas ou queloides devem informar ao médico antes de fazer cirurgias, para que o procedimento cirúrgico seja feito de maneira a deixar o mínimo de cicatrizes possível.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Recomendados para você:


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.