Scroll Top

Corpo Saude

Endometriose: 5 Aspectos Pouco Conhecidos Que Melhoram Sua Qualidade de Vida!

Gostou do post? Avalie!

A endometriose, como sabemos, é uma enfermidade crônica. Atualmente não existe um tratamento eficaz que possa resolver essa condição médica que afeta uma porcentagem destacável da população feminina. Também, pouco se conhece com segurança as causas que determinam esta doença, caracterizada pelo crescimento pouco usual de tecido no próprio endométrio, inclusive fora da cavidade uterina.


É algo, sem dúvida, muito complexo, e, mulheres que a experimentam têm sua qualidade de vida muito afetada. É uma dor silenciosa cujo impacto depende sempre da gravidade ocasionada pelas lesões do crescimento desse tecido que pode alcançar também os intestinos e a bexiga.

Há pacientes em situação bastante delicada: moças jovens que, por exemplo, necessitam de una sonda para poder urinar sem dor. Outras mulheres, por sua vez, devem submeter-se a uma série de complexas operações onde a esperança de viver sem dor parece inalcançável.

O tratamento associado à endometriose se baseia quase sempre em intervenções cirúrgicas e tratamentos hormonais que regulam a produção de estrogênios. Por outro lado, algo que vale a pena lembrar é que no momento de enfrentar um doença crônica nunca se deve ficar apenas com uma opção.

A abordagem multidimensional que combine as terapias médicas com os tratamentos naturais ou mesmo psicológicos pode ser útil. Este artigo propõe que o paciente com endometriose experimente todas as alternativas adequadas às suas necessidades particulares.

Apresentamos 5 Medidas Simples.

1. Melhorar a Dieta: Existem Alimentos que Podem Ajudar a Reduzir a Dor

Esclarecemos, em primeiro lugar, que mudar os hábitos alimentares não irá curar a endometriose. O que se consegue é reduzir a inflamação, regular a produção de estrogênio e fortalecer o sistema imunológico.

Tome Nota das Seguintes Dicas:

Aumentar a ingestão de fibras.

Reduzir o consumo de gordura, aumentar, acima de tudo, gorduras saudáveis como do tipo ômega 3 encontrados em:

  • Salmão
  • Nozes
  • Azeite de oliva
  • Abacate
  • Sardinhas em lata
  • Linhaça
  • Brócolis

Consumir produtos de origem orgânica, sua dieta deve ser sempre mais natural possível:

Reduzir o consumo de glúten

Consumir leite vegetal

Outros Alimentos que Podem Ajudar São:

  • Alho
  • Frutas cítricas
  • Espinafre
  • Dente de leão e erva-doce
  • Vinagre de maçã
  • Vegetais (cebola, pepino, cenoura)
  • Quinoa
  • Mamão

2. Aumente a Dose de Vitamina D: Na maioria dos tratamentos para pacientes com endometriose são prescritos medicamentos para regular a produção de estrogênio. Isto pode envolver um déficit de cálcio: por isso é necessário verificar com o médico a necessidade de suplementos de vitamina D.

3. Manter um Calendário de Seus Sintomas:  O corpo da mulher segue um ciclo, e a endometriose, em média, é regular em sua sintomatologia.

  • Para antecipar certos sintomas é importante manter um calendário ou um diário onde se deve anotar o que se sente, o que dói e o que preocupa.
  • Aos poucos, se conhecerá melhor a doença e isso sempre oferece alguma vantagem para o paciente.

4. Exercícios que Podem ajudar a Reduzir a dor Associada à Endometriose: O exercício físico é indicado para quem sofre de endometriose.

No Entanto, é Necessário Esclarecer alguns Aspectos:

  • Pratique o exercício adequado que proporcione prazer e bem-estar: busque, acima de tudo, aumentar a produção de endorfinas.
    Não é, portanto, para se desgastar, mas desfrutar.
  • Faça sessões de exercício durante não mais do que 10 minutos, algo moderado, que ajude a relaxar e, por sua vez, promova a transpiração.
  • Pratique caminhada, dança ou natação: é necessário que o coração bombeie adequadamente a fim de melhorar a circulação sanguínea.
  • Exercitar-se regularmente também diminuirá a quantidade de estrogênio produzido pelo organismo.

Estabeleça Períodos de Descanso de Forma Regular

A endometriose pode afetar muitas áreas da vida: física, emocional, profissional e até mesmo sexual.

  • É complicado e delicado e, acima de tudo, incapacitante em muitos aspectos.
  • Há mulheres que se sentem incompreendidas, sem o total apoio dos que a rodeiam, sem apoio familiar e até mesmo no trabalho.
  • Estamos certos de que, aos poucos, as coisas vão melhorar, e que a sociedade será mais sensível a esta doença.

No entanto, nesse meio tempo, é essencial que o paciente de endometriose se priorize, e cuide bem de sua saúde.

  • Fatores como estresse, fadiga, exaustão impedem que por vários dias cumpramos com nossas responsabilidades.
  • Quando se sentir assim, desconecte, descanse: separe um tempo para si mesmo.

É essencial agir assim, porque desta forma você pode renovar sua energia para enfrentar muito melhor a luta constante contra a dor.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!

Comentários

Recomendados para você:


Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.